História da Cidade

Gentílico: gracho-cardosense

Histórico

Gracho Cardoso Sergipe – SE

Histórico
Em 1776 os irmãos Luiz de França e Manoel Cristovão desbravaram e se estabeleceram com criatório de gado numa área denominada Moita do Tamanduá devido a abundância do animal no local onde se ergue a cidade, daí, seu nome antigo de?TAMANDUÁ?.
Alguns anos mais tarde Justino Vieira dos Santos, filho de Luis de França, construiu casa para residir com sua esposa, no que foi seguido por parentes e pessoas outras.
Em 1876 o local contava com vinte moradias, uma escola primária e uma casa de oração construída no lugar denominado Cruz do Agostinho.
No começo do século o povoado possuía alguns estabelecimentos comerciais e uma feira incipiente, aos domingos.
Em 1925 foi demolida a capela e ao seu lado ergueu-se uma igreja que continuou sob a invocação de Nossa Senhora da Piedade.
O Decreto-Lei nº 533 elevou o povoado à vila e sede de Distrito de Paz.
A Lei 525-A de 25 de novembro de 1953 transformou a vila em cidade e sede do Município de Tamanduá o qual foi instalado em 6 de fevereiro de 1955, com território desmembrado do Município de Aquidabã.
Com a Lei nº 897 de 30 de abril de 1958 o município teve seu topônimo trocado para Graccho Cardoso em homenagem a um ex-governador e político sergipano do passado.
Gentílico: gracho-gardosense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Tamanduá, pelo decreto-lei estadual nº 533, de 07-12-1944, que revogou o de nº 377, de 31-12-1943, subordinado ao município de Aquidabã.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Tamanduá, figura no município de Aquidbã.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Tamamduá, pela lei estadual nº 525-A, de 25-11-1953, desmembrado de Aquidabã. Sede no antigo distrito de Tamanduá. Constituído do distrito sede. Instalado em 06-02-1955.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído do distrito sede.
Pela lei estadual nº 897, de 30-04-1958, o município de Tamanduá passou a denominar-se Gracho Cardoso.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município Gracho Cardoso ex-Tamanduá é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.
Alteração toponímica distrital
Tamanduá para Gracho Cardoso alterado, pela lei estadual nº 897, de 30-04-1958.

Fonte: IBGE